Roan Roger afirma que lockdown é um suicídio e desafia ao governador a fechar o Banestes e Transcol

O vereador Roan Roger (MDB) argumentou sobre a questão do lockdown decretado no Espírito Santo pelo Governo do Estado, se manifestando contrário ao posicionamento. “Ao andar pelas ruas do comércio, vi no semblante das pessoas o desespero, a dúvida e a incógnita de não saber como vamos ficar adiante. Fechar o comércio nesse momento não é correto e sim, um suicídio, o povo tem direito da escolha e podemos combater a Covid-19, sem prejudicar os comerciantes”, declarou

O parlamentar esclareceu que sendo o seu primeiro mandato, que não quer ser reconhecido como conivente a nenhuma ideologia política que prejudique o trabalhador. “O comércio informal também está sofrendo. Aquelas pessoas que sustentam suas famílias através da venda de alimentos de porta em porta no comércio, não terá como levar o dinheiro para suas casas, para pagar as contas”, desabafa.

Para finalizar, Roan ainda evidenciou que a mesma prática do lockdown foi feita ano passado pelo Governo Estadual e que de nada valeu. “Não tem porque isso repetir. Já que é para fechar, feche tudo. Quero ver o governador fechar o Banestes, o Transcol, que sempre está lotado, cheio de aglomeração. O governador precisa fazer o dever de casa, começar por ele. Faço esse desafio a ele!”, finaliza.

As falas do vereador aconteceram na última Sessão Ordinária (16), da Câmara Municipal de Nova Venécia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here